terça-feira, 26 de abril de 2011

Amo-te porque sim, e detodas as maneiras possíveis e imaginárias, não há nenhuma razão para te amar, já me fizeste sofrer tanto, mas mesmo assim AMO-TE com todas as letras de todas as cores e feitios.
Dizem que sou louca por te amar, mas ao menos sei que sou uma louca com uma boa razão para o ser, TU!
E como sei que isto é para sempre deixo aqui uma frase que alguém sábio um dia escreveu: "Amei-te no passado, amo-te no presente e amarte-ei eternamente. <'3

 

http://www.youtube.com/watch?v=IfLoCG1MLqI

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Porque?

Porque é que a vida nos separou? Porque é que não lutámos o suficiente para ficarmos juntos e agora  está cada um para seu lado? Porque é que ainda te amo?
 Não consigo responder a estas perguntas, simplesmente porque pensar no que aconteceu é demasiado para mim agora, porque não consigo imaginar a minha vida sem te amar, mesmo não sendo correspondida.
Sinto-me fraca, sem forças triste, deprimida, tu nem sequere te deste ao trabalho de lutar por mim, por nós por tudo o que tinhamos e isso magoa-me muito, e ainda me magoa muito mais o facto de não queres saber, por ti é igual se eu estou bem ou mal, e, depois de tu  isso é muito triste. :'(
Por isso decidi uma coisa! Não vou voltar para ti! Mesmo que queira, e acredita que quero muito, mas desta vez não vou ser eu a ceder, é obvio que ainda não te esqueci mas depois do mal que me fizeste ainda é mais obvio que não volto para ti!
Talvez te esqueça um dia, talvez não mas seja como for não vou voltar a sofrer como sofri, por isso ADEUS!