sexta-feira, 24 de junho de 2011

Será ou não é essa a questão &D

Hoje foi um dia muito esquesito, seinti-me estranha, vazia mas ao mesmo tempo a abarrotar de semtimentos, é o primeiro dia de férias e isso devia deixar-me feliz, mas pelo contrário ainda me deixa pior, sei que há pessoas que só voltarei a ver para o ano, outras vou vê-las nas férias, e acho que devia pensar nessas pessoas (os meus amigos) e sentir-me feliz pelos que vou ver e triste pelos que não vou ver, sei que devia, mas não consigo, só há uma coisa, uma pessoa que não me sai da cabeça, posso até só o conheçer de vista e do fb, posso até só ter falado duas vezes com ele (por chamada), ele até pode nem saber que eu existo, mas não o consigo tirar da cabeça, porque ele é o rapaz mais LINDO, PERFEITO E MARAVILHOSO que eu já vi até hoje. Tem uma fama de mulherengo e come todas, mas eu hoje não consegui parar de pensar "e se eu for a tal", aquela por quem ele se vai apaixonar, apsar de não ter a certeza se estou apaixonada por ele.
Tudo isto tem feito um grande confusão na minha cabeça, um turbilhão de semtimentos passa por mim a toda a hora, sinto ciumes, inveja, felicidade, e entre muitas outras coisas um sentimento novo um carinho especial, será amor, será paixão, ou não será nada, essa é a questão $:


http://www.youtube.com/watch?v=GJk7pSqZaGg&feature=bf_prev&list=WLCC8F7FE0B2E4B973&index=15&shuffle=425699

domingo, 19 de junho de 2011

A Vida

Um dia acordei e pus-me a pensar no quão a vida é injusta, cruel, ás vezes até fria.
Há dias em que nos dá tudo (felicidade, alegria, amor, amizade e popularidade), noutros no entanto não temos nada, ficamos triste, sofremos sozinhos, ninguém quer saber de nós.
Ao longo da minha curta vida eu já estive de ambos os lados e posso dizer que até estu feliz por isso e agradecer, porque tudo o que passei, e estou ainda a passar tem-me ajudado a crescer. Há um tempo eu era apenas uma criança frívola, mimada e egoista, queria ter tudo e não sabia dar valor ao tanto que tinha, tratava mal todos os meus verdadeiros amigos e não olhava a meios para atinjir os fins. Hoje cresci, e percebi que não sou o centro do mundo, mas sim apenas mais uma pessoa no meio de tantas outras  e aprendi a não julgar, ou gozar com os outros, porque posso vir a fazer, já fiz até, bem pior que eles, e já tive a minha quota parte de arrependimentos pelas minhas más escolhas.
Mas a lição mais importante que aprendi, foi que, a fases más nunca duram para sempre e que de tudo o que fazemos, seja bom ou mau, há sempre uma lição que devemos aprender e com a qual devemos viver.
Posso não ter sido a pessoa mais feliz do mundo ultimamente, mas tenho que agradeçer a quem me desencorajou e me fez sofrer porque ao fazer isso fortaleceu-me e ajudou-me a crescer. Sei que hoje sou melhor do que fui ontem e que hei-de conseguir ser plenamente feliz, um dia! $:



http://www.youtube.com/watch?v=ocDlOD1Hw9k